Botas de cão

As botas de cão são uma grande ajuda tanto para prevenir lesões como para ajudar a sua cura.

Botas como prevenção… no verão e no inverno

Picos: na primavera e no verão. Normalmente estão presos entre os dedos. Uma vez pregados, devido à sua forma característica, avançam para o interior e podem percorrer grandes distâncias e causar infeções graves. Além disso, pedras, galhos, cristais,… Tudo isto pode ferir as patas do seu cão no campo.

 

 

Calor: embora não notemos porque usamos sapatos, no verão o solo pode atingir temperaturas muito altas, especialmente se for de cor escura (por exemplo, asfalto). Em dias ensolarados, devemos proteger as almofadas dos nossos cães.

 

Neve: A neve pode levar à dermatite e rachaduras nas almofadas. Em cães de pequeno porão até congelando a parte final das patas. (Foto, cão de botas de neve Ortocanis)

 

Botas como uma ajuda no tratamento de feridas

 

As botas são uma boa alternativa a algumas ligaduras para lesões nos “pés” do cão. Permitem-lhes ficar mais confortáveis e, o mais importante: são fáceis de remover e vestir, para que possamos ver o estado da lesão a qualquer momento e deixá-la “respirar” de vez em quando. (foto veterinária com cão)

 

Botas como uma ajuda em doenças ortopédicas

 

As botas tornam-se indispensáveis em cães com problemas de movimento, seja devido à displasia da anca, à rutura do ligamento cruzado ou, simplesmente, à osteoartrite avançada. Permitem que o cão tenha uma maior aderência no chão, melhore muito ao caminhar, e evite ferimentos devido a um “deslize”. Especialmente importante dentro de casas, onde o chão geralmente escorrega.

 

Quer ver como um cão “gere” com as botas?

 

CÃO DE VÍDEO COM BOTAS

 

BOTAS BANNER TEMOS?

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


5 + 3 =