Como recuperar a força das patas traseiras do cão?

Melhorar a musculatura dos membros posteriores nos cães é importante tanto para cães em processo de reabilitação como para cães saudáveis que possam apresentar debilidade nestes membros.

Após a avaliação inicial o cão veremos se a massa muscular, para além de atrofia, apresenta tensão ou flacidez. Se se observar tensão muscular será conveniente começar a reabilitação com massagens, TENS ou com calor. Se por outro lado se observar debilidade e flacidez deve começar-se a reabilitação com electroestimulação ou leves exercícios de tonificação muscular.

Os passeios são a forma mais simples de começar a reabilitação, sempre que estes não impliquem dor. Se o cão apresentar sinais de dor deve consultar o seu veterinário para que este tome as medidas anti-inflamatórias necessárias para resolver a situação. O tratamento com TENS também pode ser eficaz na eliminação da dor durante os passeios.

Se nos focarmos na forma de caminhar do cão e este usar principalmente as patas da  frente para andar, o exercício não nos vai trazer nenhuma melhoria no reforço dos posteriores.

É importante conseguir que o cão trabalhe com as patas traseiras.E isto pode conseguir-se caminhando com a trela curta e indicando os cão que deve carregar peso nos posteriores. Algo que vai ser praticamente impossível se o cão tiver dor nas ancas, joelhos ou qualquer outra estrutura do terço posterior.

Os agachamentos (fazer com que o cão se sente e se levante) serão outro exercício a ter em consideração. Este deve ser reservado para quando o cão não tenha dor nos posteriores e a sua massa muscular seja suficiente para aguentar esta atividade. De outra forma, pode ajudar-se o cão a levantar-se com um arnês para posteriores.

Joelheira cão com osteoartrite


O trabalho dentro de água com um tapete rolante é um dos melhores exercícios para reforçar a musculatura. As caminhadas em chão com declive são outro dos que se devem praticar. A inclinação vai reforçar mais o terço posterior e o cão aumentará a potência muscular.

Nas últimas fases do tratamento podem utilizar-se pesos para o fortalecimento muscular.

Existem várias soluções que podem ajudar à recuperação do cão em paralelo com estes exercícios. Algumas destas são: os protetores de joelho, os suportes de tarso, o suporte de anca, ou as botas ou protetores de pés no caso de problemas na zona plantar ou de caminhar sobre superfícies demasiado lisas em casa, como o parquet.


 

Equipa técnica da Ortocanis

ortocanis.com