Como ajudar os cães com problemas de mobilidade

,

Neste posto, vamos analisar a forma de ajudar os cães com problemas de mobilidade a melhorar a sua qualidade de vida e ajudar à sua recuperação.

Pode ser angustiante ver o seu cão lutar para levantar as pernas para um simples passeio ou salto.

Os problemas de mobilidade em cães irão sem dúvida afectar a qualidade de vida do seu cão e por isso é importante saber que medidas pode tomar para ajudar.

De acordo com Johnston, S.A., foi estimado que cerca de 20% dos cães nos Estados Unidos da América irão experimentar alguns problemas comuns durante a sua vida que irão afectar a sua mobilidade.

Continue a ler para descobrir as causas dos problemas de mobilidade em cães e o que pode fazer para ajudar.

protector-rodilla-perro

Causas dos problemas de mobilidade em cães

Os problemas de mobilidade irão comprometer a qualidade de vida de um cão, dificultando-lhes a execução de tarefas simples como caminhar, correr, saltar ou subir ou descer escadas como costumavam fazer.

A mobilidade restrita em cães pode resultar de uma série de condições que afectam a capacidade do cão de andar normalmente.

É mais comum em cães mais velhos, mas os cães mais novos também podem adquirir este problema de saúde.

Seguem-se alguns dos agentes que podem predispor o seu amigo peludo a dificuldades de locomoção:

– Defeitos de nascença
– Lesão física
– Condições neurológicas
– Doenças degenerativas tais como artrite, cancro, doença do disco intervertebral, etc.
– EnvelhecimentoEstas condições são por vezes dolorosas para os cães e podem mostrar dor sob a forma de uivar quando tentam levantar-se e andar.

Sinais e sintomas de cães com problemas de mobilidade

Os sinais e sintomas de cães com problemas de mobilidade podem variar dependendo da gravidade da situação. A lista seguinte descreve os sinais gerais a ter em conta;coxas ao andar
– Hesitates para subir escadas
– Não vontade de saltar e escalar
– Diminuição das actividades físicas
– Não vontade de jogar
– Intolerância ao exercício
– Inchaço nas articulações
– Uiva quando as articulações são tocadas
– Dificuldade de se levantar

Se notar algum dos sintomas acima, é importante prestar atenção e procurar formas de ajudar o seu cão.

Como ajudar os cães com problemas de mobilidade
Consulte o seu veterinário

A sua primeira paragem deve ser no consultório do seu veterinário para consulta e diagnóstico. Vá com o seu cão afectado e deixe o veterinário fazer testes de diagnóstico para determinar o que aflige o seu amigo canino.

Créditos das fotografias: Tima Miroshnichenko

 

Processo de diagnóstico de problemas de mobilidade em cães

O seu veterinário irá muito provavelmente começar com um exame físico para determinar o local exacto da inflamação e da dor.

Procederão então a análises ao sangue, tais como um hemograma completo (CBC), urinálise, análise fecal e perfil bioquímico para estabelecer a presença de qualquer infecção que cause os problemas de mobilidade.

O veterinário procederá à utilização de radiografias, tais como raios X, para visualizar as articulações doridas do seu cão e procurar quaisquer anomalias.

Isto pode ser útil na identificação de traumas físicos e lesões que o seu cão possa ter sofrido ou danificado ossos causados por artrite.

Se o cão afectado for suspeito de ter artrite ou outras doenças nas articulações, então o veterinário procederá a uma análise do líquido sinovial para maior orientação e acção.

A funcionalidade neurológica do cão pode também ser testada para determinar se o problema de mobilidade é causado por doença neurológica.

A análise do líquido cerebrospinal ou a ressonância magnética (RM) podem ser usadas para diagnosticar se o cão afectado sofre de doença da medula espinal.

Tratamento

Uma vez que o seu veterinário tenha reduzido uma causa particular para os problemas de mobilidade do seu cão, ele pode então prescrever um tratamento adequado que pode incluir:

1. prescrever medicação.

O seu veterinário pode recomendar alguns medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios para ajudar a reduzir as dores articulares do seu cão.

O tipo de medicação de que o seu cão necessita dependerá em grande parte do seu estado e de outros problemas subjacentes classificados pelo veterinário.

Os anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) são normalmente utilizados para aliviar a dor em cães com mobilidade restrita.

Os mais comuns recomendados pelos veterinários incluem; Galliprant, Metacam, Deramax e Carprofen (Rimadyl & Novox).

Cuidado! Não deve administrar qualquer medicação ao seu cão sem receita médica de um veterinário qualificado.

Fazê-lo poderia predispor o seu cão a uma série de complicações que de outra forma poderiam ter sido evitadas. Lembre-se também de manter os medicamentos humanos afastados do seu cão.

2. fisioterapia

Exercício ligeiro e massagem suave do membro afectado podem ajudar a aliviar a dor do seu cão. A fisioterapia também ajuda a fortalecer os músculos do seu cão, pelo que podem ter a força para dar mais alguns passos.

3. tratamento cirúrgico

Em casos graves, o seu veterinário pode recomendar um procedimento cirúrgico a ser realizado no seu cão como uma opção de tratamento eficaz. Isto pode envolver a reparação ou substituição das articulações ou tecidos afectados.

O tratamento cirúrgico pode ser uma lesão articular ou espinal, dependendo da área afectada do seu cão.

Deve seguir sempre o plano de tratamento recomendado, tal como prescrito pelo seu veterinário. Alguns cães podem requerer remédios simples para curar, enquanto outros necessitarão de uma abordagem abrangente para tratar o problema subjacente.

A maioria dos veterinários recomendará sempre uma abordagem mista para tratar problemas de mobilidade em cães, para obter os melhores resultados possíveis.

Isto envolverá tanto os procedimentos de tratamento do veterinário como a sua própria prestação de cuidados domiciliários em casa. Não se esqueça de fazer consultas regulares de acompanhamento com o seu veterinário para discutir como as coisas estão a correr.

Soluções de cuidados domiciliários

Não deve deixar o seu veterinário sozinho para tratar o seu cão com problemas de mobilidade. Deve haver sempre uma abordagem combinada que procure tornar o processo de recuperação mais rápido e melhor.

Soluções domésticas são as coisas simples que pode fazer para ajudar o seu cão a recuperar; terá de ajustar algumas coisas para ajudar o seu movimento e fortalecer os seus músculos.

1. o apoio ao sono

Um cão com dores físicas que causam restrições de mobilidade não deve ter de suportar uma cama normal para descansar e dormir.

As superfícies duras podem agravar sintomas tais como inchaço, dores e dores nas articulações.

Em vez disso, deve procurar uma cama ortopédica confortável e de apoio para apoio das articulações quando descansa e dorme.

Estas camas terapêuticas são concebidas com uma forma e almofada especial que alivia as articulações do seu cão da dor existente e o impede de adquirir outros problemas nas articulações enquanto dorme.

2. Alimentação de apoio

Um cão com problemas de mobilidade pode não ter força para forçar o seu pescoço para baixo quando come e bebe. Por esta razão, pode considerar a colocação de uma tigela de comida elevada que lhe permita comer numa postura sem stress.

3. Ajudas técnicas para cães com problemas de mobilidade

Que melhor maneira de aliviar um cão artrítico do que ajudá-lo enquanto está em movimento? Isto poderia envolver a utilização de um Arnês de Apoio para os cães tirarem o peso dos membros do cão enquanto caminha.

Com tal arnês, pode ajudar o seu cão afectado a levantar-se, passear, trepar e mover-se sem stress.

Estes arneses são especialmente bons para cães com artrite, displasia da anca e fraqueza corporal geral.

 

4. Dieta equilibrada

Uma dieta saudável e equilibrada é essencial para se manter em forma e prevenir a obesidade que pode afectar as suas articulações.

Demasiado peso aumenta o stress excessivo nas articulações do cão e isto pode causar problemas de mobilidade precoce.

Tal dieta deve conter porções apropriadas de todos os principais nutrientes e minerais naturalmente presentes nas porções recomendadas ao longo do dia.

É bom evitar alimentos ricos em calorias, açúcar e processados, uma vez que estes podem acrescentar peso adicional e problemas de saúde para o seu cão.

5. Suplementos alimentares para anca e articulações

Pode suplementar a dieta do seu cão dando-lhes os suplementos articulares certos para apoiar o crescimento e reparação das cartilagens.

Tais suplementos devem ter glucosamina, condroitina, ácidos gordos omega-3 e metilsulfonilmetano (MSM) como ingredientes compostos principais.

6. Exercícios de fisioterapia para cães com problemas de mobilidade

Um cão com problemas de mobilidade certamente não estará disposto a fazer exercício como costumava fazer, mas deverá ter algumas sessões leves de exercício e fisioterapia que o ajudarão com as suas dores articulares.

Isto ajudará a fortalecer os seus músculos, reduzir a dor e aumentar a sua vontade de se levantar e dar mais alguns passos.

Algumas das opções de fisioterapia que pode utilizar são:

– Caminhar suavemente com um apoio total do arnês.
– Hidroterapia
– Exercícios de alcance de movimento (ROM)
– Massagem suave dos músculos das pernas.
– Apertar os dedos dos pés
– Sentado e de pé
– Exercícios ligeiros

 

Ajudas para cães com problemas de mobilidade

Se os problemas de mobilidade do seu cão estiverem a tornar-se graves, pode optar por alguns dispositivos de assistência para o ajudar a manter-se activo.

Sabe-se que condições como a doença do disco intervertebral (IVVD), doença neurológica e artrite, entre outras, causam graves problemas de mobilidade em cães.

Mas com ajudas especiais, pode ter a certeza de aliviar alguma da tensão nas articulações do seu cão e ajudá-lo a manter-se activo uma vez mais.

1. cadeira de rodas para cães com problemas de mobilidade

As cadeiras de rodas são úteis para cães cujas patas traseiras se tornaram imóveis e necessitam de suporte para suportar o peso. Também são boas para cachorros com doenças degenerativas do disco e cachorros paralisados.

Uma cadeira de rodas para cães (também conhecida como carrinho de passeio) ajudará a suportar o peso do cão e a restaurar a sua capacidade de andar, correr, brincar e até mesmo fazer exercício uma vez mais.

sillas-de-ruedas-para-perros

 

2. scooter para cães

Uma scooter para cães é uma solução perfeita para cães imóveis no interior.

A scooter pode deslizar sobre qualquer superfície do chão, o que dá ao seu cão doente um estilo de vida activo apesar dos seus problemas de articulação e membros.

3. suporte de anca

Traumatismos da coluna vertebral podem causar fortes dores nas costas e nas ancas dos cães, dificultando a sua marcha. Um suporte da anca proporcionará a compressão necessária para reduzir a dor, enquanto ajuda a manter o seu cão activo apesar do seu estado imóvel e é útil para aqueles que sofrem de displasia da anca.

Lembre-se de trabalhar sempre com um veterinário qualificado ou especialista em ajuda à mobilidade canina para determinar que tipo de ajuda é mais adequado para a recuperação do seu cão.

Usar a ajuda errada, ou fazê-lo incorrectamente, pode prejudicar o seu cão, por isso é melhor ter a certeza do que procura.

Ajudar o seu cão a lidar com problemas de mobilidade

Deve sempre ajudar o seu cão a lidar com problemas de mobilidade em todos os momentos. Lembre-se de que o cão afectado dependerá de si para o seu movimento e procedimento de tratamento para ajudar a melhorar a sua qualidade de vida.

Uma das primeiras coisas que deve fazer é dar apoio mental e emocional ao cão afectado. Transmita o seu afecto por eles, estando presente nos momentos em que mais precisam e não os deixe em situações que lhe possam causar ansiedade.

Além disso, deve conhecer os pontos fracos do seu cão e proporcionar-lhe as actividades necessárias que o ajudarão a melhorar a sua mobilidade.

Em conclusão

A chave para ajudar os cães com problemas de mobilidade é procurar cuidados veterinários imediatos e fornecer soluções adequadas.

Se o caso do seu cão for grave, não deve hesitar em procurar órteses ou ajudas como cadeiras de rodas ou arreios para diminuir a carga de marcha do seu cão.

Uma vez que providencie o tratamento, cuidados e apoio emocional adequados, poderá ajudar grandemente o seu cão doente a viver uma boa vida enquanto ele se esforça por recuperar a sua mobilidade plena.

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


5 + = 11